#TbtNobresCasais – Mocinha

No #tbt de hoje iremos relembra o bailado de uma das mais importantes porta-bandeiras do nosso carnaval, Mocinha.

Mocinha era sobrinha de Raimunda, que foi a primeira porta-bandeira da história da Estação Primeira de Mangueira, e foi quem a ensinou a amar essa nobre arte. Em 1952, Mocinha já atuava como segunda porta-bandeira da verde e rosa. Por conta da negativa do marido, acabou se afastando da folia por alguns anos, mas retornou novamente a defender o pavilhão mangueirense.

A porta-bandeira permaneceu como defensora do segundo pavilhão da Mangueira por 26 anos. Em 1980, foi agraciada com o prêmio Estandarte de Ouro de melhor porta-bandeira, mesmo atuando como segunda. No ano seguinte, Mocinha assumiu o posto de primeira porta-bandeira. Foi por mais duas vezes campeã do Estandarte de Ouro.

Em 1988, desfilou pela última vez como porta-bandeira. Encerrando, assim, uma das mais lindas histórias de amor e fidelidade à um pavilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *