Sobre

Formado por  mestres-salas e porta-bandeiras, o Grupo Nobres Casais busca divulgar e difundir as tradições, traços culturais e linguístico de uma dança que permanece a margem das academias e grandes instituições. O compromisso, e o desejo maior, dos idealizadores do Nobres Casais é que, a chamada “dança nobre do carnaval”, seja reconhecida como tal e tenha seus valores, personagens, mitos e percussores, reconhecido pela sociedade e pelo meio acadêmico.
Em pouco tempo, já reunimos o maior acervo especializado em mestre-sala e porta-bandeira disponível na rede, são mais de 3.000 seguidores em nossa página e nosso canal no youtube (com as apresentações dos casais em eventos e desfiles) registra, a cada dia, mais e mais acessos.
Locados no Rio de Janeiro, nosso grupo não se limita ao bailado fluminense, contamos com parceiros em São Paulo e no Espírito Santo que, por meio da internet, conheceram nosso trabalho, se identificaram e alimentam nosso banco de dados e acervo com informações de suas localidades. Nossa página cruzou as fronteiras de nosso país e recebemos mensagens de congratulações de casais da Europa, a exemplo de porta-bandeiras de Portugal e Suíça, por exemplo. 
 
A dança do Mestre-sala e Porta-Bandeira é como o voleio de um beija-flor em torno da rosa. Ele se aproxima, toca e sai. Volta a se  aproximar, beija e sai. Nunca as ações serão idênticas. E a rosa, ao contrário do que se pensa, ao sabor do vento das asas do pássaro, não permanece passiva. Ela dança.” – Vilma Nascimento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *